menor

5 dicas para novos líderes

A primeira posição de liderança a gente nunca esquece. O bordão se encaixa na experiência da maioria das pessoas que costumam ser atropeladas pelo misto de sentimentos: empolgação e medo. A mudança de perspectiva – gerir o trabalho de outras pessoas em vez de se preocupar apenas com o seu – pode ser um processo árduo.

Cada vez mais as empresas têm a visão de que os profissionais que se tornam líderes precisam de treinamentos específicos para desenvolver as competências necessárias para seus cargos. Além de um acompanhamento especializado, a AG separou algumas dicas para ajudar quem está passando por essa transição na carreira:

1.

Busque livros especializados no assunto e veja filmes que abordem o tema. Tudo isso ajuda a formar repertório sobre como agir em determinadas situações;

2.

Fique de olho nos líderes mais antigos da empresa. Não tenha vergonha de pedir uma mentoria informal. Você pode aprender muito com a experiência dos outros;

3.

Relembre suas vivências fora do ambiente profissional. Muitas vezes agimos como gestores em projetos na faculdade ou trabalhos voluntários. Habilidades de liderança podem ser desenvolvidas em todas as áreas de nossas vidas;

4.

Não tente mostrar serviço impondo um ritmo muito diferente à equipe ou mudando completamente a estrutura que encontrar. Isso pode gerar conflitos e dificultar a empatia do time com você. Vá aos poucos ajustando os processos à sua gestão;

5.

Ao mesmo tempo, não tente criar laços com a equipe sendo paternal/maternal. É comum alguns líderes tentarem conquistar a equipe e acabarem adotando uma postura não suficientemente firme.

Se você está passando por esse processo, lembre-se: você não sabe tudo, mas sabe o suficiente para ter conquistado essa posição. Esteja aberto a aprender e transmita segurança em seu trabalho.

Escrito por Ação Gerencial