19 outubro de 2016 Artigos,Notícias Nenhum comentário

illustration-management

 

Imagine que você tem na sua equipe um funcionário muito competente. Ele entrega todas as tarefas no prazo, cumpre os horários de trabalho com rigor, é responsável e tem iniciativa. Ou seja, um ótimo colaborador. Na mesma equipe você tem outro profissional ocupando o mesmo cargo, mas com uma postura um pouco diferente: apesar de ser bom no que faz, pontualidade e organização não são o seu forte. Ele atrasa entregas, chega fora do horário quase todos os dias e sempre estica um pouco o tempo de almoço. Agora, pense na sua posição enquanto gestor: como você lidaria com essa situação? Que tipo de motivações e reconhecimentos você dispensaria a cada um desses funcionários? A gestão de pessoas existe para te ajudar a responder essas perguntas.

Gerir pessoas não é tarefa simples. Afinal, como manter motivados e satisfeitos funcionários com posturas, valores e personalidades tão diferentes? Como saber em qual função cada pessoa se encaixa melhor, produzindo mais e mais feliz? Para ter sucesso uma empresa precisa sim de bons clientes, mas se ela não tiver bons colaboradores dificilmente vai se destacar em meio à concorrência.

Mais do que motivar e treinar equipes, a gestão de pessoas é a área responsável por montar o quebra-cabeça da mão de obra da organização. É ela quem analisa as características e potenciais de cada colaborador e indica aos gestores os requisitos de cada cargo dentro da empresa. Se fazer isso até nas menores organizações não é fácil, imagine naquelas de grande porte e nas multinacionais. Nessa hora ferramentas como o assessment podem ajudar muito.

As ferramentas de assessment permitem à empresa diagnosticar as competências, comportamentos e potenciais de cada colaborador, a fim de compreender sua trajetória na organização e planejar ações para desenvolver seus pontos fracos e aproveitar seus pontos fortes. Quando aplicado corretamente, por profissionais devidamente capacitados, o assessment se mostra muito eficiente para a gestão dos recursos humanos e para apoio ao gestor na tomada de decisões. O resultado de todo esse processo é um planejamento mais eficiente de uso da mão de obra e, consequentemente, maior produtividade para a organização com custos menores.

Quer saber mais sobre o assessment? Clique aqui para conhecer esse serviço.

Escrito por Ação Gerencial