17 fevereiro de 2016 Artigos 2 Comentários

engajamento

Cenários de instabilidade econômica não afetam apenas as vendas de uma empresa. As incertezas podem aplacar o bem mais precioso de qualquer organização: as pessoas. O grande desafio para empreendedores e líderes é buscar resultados sem perder o engajamento de seus times. Não é tarefa simples manter a calma e a motivação dos funcionários em momentos de crise, mas isso é a chave para que o negócio não desmorone. Pessoas trabalhando desmotivadas podem ser o catalisador de qualquer percalço macroeconômico.

A principal forma de manter as pessoas engajadas é a comunicação. Ter canais de diálogo claros, abertos e constantes tranquiliza os ânimos, neutraliza boatos e une a equipe. O líder precisa utilizar os veículos de comunicação interna de forma estratégica, divulgando as ações e o planejamento da empresa. É importante que todos tenham clareza sobre o que está acontecendo e se sintam à vontade para apresentar seus questionamentos.

A liderança também precisa se atentar aos sinais de estresse. Para manter a produtividade, tão importante em um momento de crise, o bem-estar dos funcionários é fundamental. Caso haja mudanças no comportamento ou sintomas de fadiga, o caminho é conversar e buscar soluções para reestabelecer a confiança e a motivação.

Ao contrário do que se pode pensar, criar ambientes de competição pode ser um tiro no pé. Se além de temerem fatore externos, os empregados começarem a trabalhar uns contra os outros, a empresa não terá bons resultados. Um bom líder usa esses momentos para reforçar o espírito de grupo, integrando cada vez mais seu time e fazendo-o trabalhar por objetivos comuns.

Se você ocupa uma posição de liderança, não deixe a motivação da equipe desafinar – mesmo em momentos de crise. Mantenha todos sintonizados nos objetivos da empresa e deixe claro a importância e o papel de cada um para o alcance de bons resultados. Precisa de ajuda? A Ação Gerencial te mostra estratégias e te auxilia no desenvolvimento de suas competências de líder.

Escrito por Ação Gerencial