14 setembro de 2016 Artigos,Notícias Nenhum comentário

Client-meeting-e1402010805382

O termo Liderança Humanizada ainda é novo nos corredores das empresas, mas já tem causado grandes mudanças na gestão de pessoas. Esse conceito veio à tona depois que os recursos humanos começaram a perceber que um líder frio dificilmente era capaz de engajar as pessoas da sua equipe, mesmo que elas recebessem bons salários e benefícios. Por isso, os líderes que desejam aumentar a produtividade de seus colaboradores e os lucros de sua empresa devem se atentar a ações eficazes no que se refere ao relacionamento saudável com sua equipe.

Diferente de antigamente, quando os chefes tinham as rédeas de todo o processo do negócio e acreditavam num lado mais “durão” da liderança, nos dias de hoje, um profissional que se interessa pelas ideias e contribuições de seus colaboradores tende a superar com mais facilidade os desafios diários da organização.

O que faz de um chefe um líder humanizado?
Selecionamos alguns princípios fundamentais na liderança humanizada:

Substitua o “eu” por “nós”;
Reveja seus valores e comportamentos e avalie se eles estão centrados apenas em si mesmo ou nos outros;
Pode parecer óbvio, mas seres humanos sempre responderão melhor quando forem tratados como seres humanos;
Paciência, respeito e inteligência emocional devem palavras obrigatórias no seu dicionário e cotidiano;
Use seu talentos e iniciativa para apoiar, inspirar e ajudar no crescimento dos outros.

Ainda não desenvolveu esses cinco pontos? Então aqui vai mais um: qualquer um pode se tornar um líder humanizado, basta praticar.

Escrito por Ação Gerencial