conversas difíceisPode perguntar para líderes e gerentes, em suas listas de responsabilidades, um dos tópicos mais complicados de lidar é o momento de ter aquela conversa difícil com algum colaborador. E não há como fugir disso, se o intuito é fazer com o seu negócio prospere, a equipe precisa saber de você se o trabalho está sendo bem feito.

Para você se preparar melhor e conduzir da melhor maneira essas conversas que tal seguir os três passos abaixo?

Veja também: Negociação, Conflito e Inovação

Preparação

Sempre chegue preparado para uma reunião sobre a performance dos colaboradores da empresa. Ensaie com outra pessoa, se preciso. Caso a conversa dê margem para diferentes reações do colaborador, esteja preparado para lidar com paciência e perspicácia. Lembre-se de explicitar fatos e não tender a opiniões pessoais.

Foco

Mantenha-se focado no objetivo da conversa. Não se deixe levar por queixas ou um possível descontrole emocional do colaborador. É preciso se manter racional para lidar com o assunto proposto inicialmente. Brasileiros tendem a construir um ambiente de amizade no trabalho e isso pode atrapalhar a objetividade de conversas mais difíceis.

Follow-up

Por mais que a conversa destaque pontos mais amenos sobre a performance de um colaborador, a percepção dele será diferente da sua sobre como a questão vai ser acompanhada a partir dessa conversa. A sensação de desaprovação pode permanecer na equipe mesmo que você já tenha se esquecido do assunto. Então, se o problema for sanado, lembre-se de deixar claro seu contentamento o quanto antes.

Para desenvolver ainda mais esta competência em sua empresa, nós da AG podemos ajudá-lo com a Consultoria Empresarial e Gestão de Pessoas. Vamos conversar?

 

Escrito por Ação Gerencial