21 outubro de 2015 Artigos,Notícias Nenhum comentário

Em tempos de crise econômica, fechar a torneira dos investimentos é a primeira reação de muitos empreendedores. Os ajustes nos gastos são necessários e bem vindos, mas devem ser feitos com cautela. Um fator em particular merece atenção nesse momento – as pessoas. Ao contrário do que se possa pensar, mais do que nunca, é hora de investir em talentos. Veja algumas razões pra isso:

– Contratar profissionais é caro e consome tempo. Na ponta do lápis, o custo para treinar e regularizar um novo empregado  é maior do que manter seu quadro de funcionários;

– Crise significa mercado mais competitivo. Para fazer frente à concorrência, você precisa estar cercado de ótimos profissionais. Quem desenvolver o melhor produto ou prestar o serviço de melhor qualidade, sai na frente;

89AZTB8E5Hcort

– Insatisfação é inimiga da produtividade. Para alcançar os melhores resultados possíveis, seu negócio deve estar a todo vapor! Pessoas desmotivadas ou estressadas não apresentam bons rendimentos no trabalho. Mantenha o clima agradável entre os funcionários e seja transparente, inclusive sobre a contenção de gastos. Falta de informação pode gerar insegurança e dá espaço para especulações;

– Investir na liderança traz ganhos para toda a empresa. Não pare de oferecer oportunidades de capacitação para os profissionais-chave do seu empreendimento. Eles são fundamentais para manter a equipe coesa e engajada. Além disso, quando a crise passar – e ela sempre passa – você vai ter um time altamente qualificado, ao contrário daqueles que optaram por abrir mão dos seus talentos.

Fica mais fácil enfrentar – e superar –  momentos de instabilidade econômica contando com um time forte e bem preparado. Além de estudar as finanças, reveja e fortaleça a sua gestão de pessoas. Elas são o patrimônio mais valioso da sua empresa.

Quer ler mais sobre o assunto? Assine nossa newsletter e receba e-books, textos, checklists, cases e tudo o que você precisa saber sobre gestão de pessoas.

Inscreva-se na newsletter

Escrito por Ação Gerencial