treinamento capa

Antes de começar este texto, faça a si mesmo estas perguntas:

– Meu negócio está atingindo ou superando metas?
– Os processos estão dentro do planejado?
– Os profissionais conseguem exercer suas funções?
– O potencial da equipe está sendo aproveitado ao máximo?
– Os procedimentos estão padronizados?

Se você respondeu “não” para alguma dessas perguntas, um treinamento in-company pode ser muito útil para seu negócio.

Gasto” é a única palavra que muitos ouvem quando se fala nesse assunto. Porém, empresas que querem crescer já perceberam que a verdadeira palavra é “investimento”. Principalmente em tempos de insegurança e em mercados competitivos, potencializar os recursos humanos é a melhor forma de otimizar a produtividade, a satisfação da equipe e estar à frente da concorrência.

Veja outras vantagens dos treinamentos in-company:

1. Capacitação de diversos profissionais ao mesmo tempo

Nos treinamentos in-company, é possível treinar toda uma equipe ao mesmo tempo, ao invés de gastar toda a verba em cursos separados. Além disso, os funcionários têm a chance de interagir entre si fora das condições cotidianas de trabalho e posteriormente trocar impressões e aprendizados em relação ao treinamento.

2. O treinamento é customizado para cada empresa

Na Ação Gerencial, sempre personalizamos os treinamentos para atender as necessidades de cada cliente. O aprendizado não é algo abstrato, mas sim desenvolvido de forma que os profissionais poderão utilizá-lo em seu trabalho. O profissional ainda pode solucionar dúvidas específicas sobre processos e funções, algo que não seria possível em um curso externo.

3. Flexibilidade

Se cursos externos têm datas e horários pré-determinados, os in-company podem ser adaptados aos cronogramas da empresa e seus funcionários de forma a favorecer todos os lados.

Ficou com alguma dúvida quanto aos treinamentos in-company? Fale conosco pelo e-mail (contato@acaogerencial.com.br) ou pelo telefone (3267-4991). Você também pode conhecer todos os treinamentos que oferecemos aqui.

Escrito por Ação Gerencial